Qual é o melhor combustível para carro flex?

Olá amigo leitor do AutoNewsBrasil, tudo bem?

Vamos abordar de forma rápida esta questão tão polêmica e trocar uma idéia mais aprofundada sobre as principais questões que envolvem combustíveis e carros flex. Preparado? Vamos lá!

Qual é o melhor combustível para carro flex?

A resposta é gasolina, pois a mesma tem uma série de grandes qualidades que a tornam ideal para uso em carros flex. Ele tem uma alta taxa de octanagem, o que significa que é de melhor qualidade e tem uma queima mais limpa do que outros combustíveis como o etanol. Isso significa que ele produz menos poluição e não desgasta o motor tão rapidamente, o que o torna uma opção mais econômica a longo prazo.

Como usar etanol em carro flex?

Muitos motores flex contam ainda com um reservatório de gasolina para partidas a frio com etanol (o famoso “tanquinho”). Ele é necessário em propulsores que não dão conta de entrar em funcionamento somente com a explosão gerada pelo contato do etanol frio com a faísca da vela.

Quando chegaram os carros flex no Brasil?

Os carros flex chegaram ao Brasil em 2003, com o Volkswagen Gol 1.6. Atualmente, correspondem a mais de 90% dos automóveis comercializados.

Qual combustível é melhor para o motor álcool ou gasolina?

Levando em consideração a quantidade energética, a gasolina é um combustível mais eficiente que o etanol, pois, quanto maior a quantidade de energia liberada, mais eficiente é o trabalho do motor, ou seja, melhor é seu desempenho.

O que é melhor para o motor gasolina ou álcool?

O etanol é um combustível mais limpo. O etanol não deixa depósitos carboníferos no sistema do carro. Como não há unanimidades no assunto flex, a gasolina tem uma outra vantagem que o etanol não oferece: por ser mais oleoso, o combustível lubrifica melhor o sistema.

Tem problema misturar álcool com gasolina?

Uma das recomendações frequentes em relação ao carro flex é misturar gasolina e etanol na proporção 50/50. Ou seja, abastecer com os dois combustíveis, metade para cada um. Portanto, não há qualquer tipo de inconveniente técnico em misturar gasolina e etanol na proporção que for da preferência do proprietário.

O que acontece se misturar gasolina com álcool?

E a resposta é negativa: o motor é chamado de flex exatamente porque ele pode queimar qualquer dos dois combustíveis e em qualquer proporção.

Qual foi primeiro carro flex movido a álcool e a gasolina desenvolvido no Brasil?

No dia 24 de março de 2003 era apresentado ao Brasil o primeiro carro flex. O propulsor possibilitava o abastecimento com etanol, gasolina ou a mistura dos dois em qualquer proporção. Quem ficou para a história foi a Volkswagen com o Gol com motor AP 1.6 que produzia 97 cv com gasolina e 99 cv com álcool.

Qual a vantagem de ter um carro flex?

A verdade é que o alto grau de tecnologia aplicada no desenvolvimento dos carros flex faz com que esse tipo de motor consiga queimar tanto álcool quanto gasolina, independente da mistura entre os dois líquidos. Os sensores presentes na injeção permitem a rápida identificação do combustível e da proporção da mistura.

Imperdível também, confira...

Assine nossa newsletter

Receba as melhores postagens, dicas e ofertas por email