Qual a espessura mínima da pastilha de freio?

De acordo com o Centro de Experimentação e Segurança Viária do Brasil (Cesvi-Brasil), a espessura das pastilhas de freio não deve ser inferior a 2 mm. A partir de tal marca, a capacidade de frenagem do veículo fica comprometida, de modo que é necessário trocá-las.

Quanto roda uma pastilha de freio?

As pastilhas de freio duram em torno de 25 mil km. As lonas de freios, utilizadas no sistema a tambor, têm duração de 50 mil km. Já o disco de freio, 25 mil km.

Qual a vida útil de uma pastilha de freio?

Normalmente, a indicação das montadoras é para que a revisão preventiva seja feita a cada 5.000 km. Especialistas em freios, por sua vez, orientam que o condutor faça a substituição da pastilha entre 30.000 e 40.000 km rodados. Depois desse período, o desgaste nas frenagens se torna inevitável.

Qual a vida útil da pastilha de freio?

No entanto, especialistas em freio recomendam a substituição entre 30.000 e 40.000 km, sendo nesse intervalo, a troca inevitável devido ao desgaste nas frenagens, que vai reduzindo aos poucos o material de fricção até chegar em um estado mínimo de segurança.

Como saber se as pastilhas de freio estão gastas?

Se você pisar no pedal e notar demora para a frenagem completa, isso é um aviso. Além desse ponto, o pedal acaba ficando um pouco molenga e não tem firmeza. Isso dá a entender que as pastilhas de freio estão gastas e não há tanta aderência.

Como saber se a pastilha de freio e de cerâmica?

Como as pastilhas de cerâmica não tem componentes metálicos, elas não soltam aquele pó preto que suja toda a roda. O conjunto pastilha e disco de cerâmica tem durabilidade e resistência muito maiores que as metálicas.

Qual o consumo do Tucson 2010 automático?

Veja quantos quilômetros por litro a versão Tucson GLS 2.0 AT na estrada faz: 9,5 km/L.

Imperdível também, confira...

Assine nossa newsletter

Receba as melhores postagens, dicas e ofertas por email