Como importar produtos automotivos?

O primeiro passo para começar a importar peças de veículos é garantir que a sua empresa está com toda a documentação atualizada. Para isso, é necessário que o CNPJ esteja em situação regular e que, nas atividades da empresa, sejam permitidas a importação e exportação dos produtos.

Como importar peças de carro da China?

O processo de importação de autopeças da China é fácil, mas existem alguns requisitos importantes! Sendo uma empresa, é preciso que possua CNPJ válido. Um MEI pode também importar, não há problema. Para dar início na importação é preciso encontrar fornecedores de autopeças de confiança.

Como importar um motor dos Estados Unidos?

Dirija- se a Receita Federal com toda a documentação e faça uma Declaração de Importação. Pague todos os impostos (Imposto de Importação, IPI, PIS, COFINS e ICMS) que são calculados em cascata sobre o valor da mercadoria com o frete. Só aí você gastará cerca de 80% do valor do automóvel.

É possível importar motor usados para o Brasil?

A importação de carros usados é vetada no Brasil desde 1991 pela Portaria nº 18 do Departamento de Comércio Exterior. Hoje, a única exceção prevista é para carros diplomáticos e carros antigos, com mais de 30 anos de fabricação, para “fins culturais e de coleção”.

Qual o NCM de peças automotivas?

NCM 8708 - Partes e acessórios dos veículos automóveis das posições 87.01 a 87.05.

Como fazer para importar pneus dos Estados Unidos?

Um caminho rápido para importar é buscar fábricas internacionais de pneus que já possuam a certificação do Inmetro, e que permitam a importação por terceiros. O processo é simples: basta requisitar uma cessão da certificação do Inmetro da empresa do atual representando legal para a sua.

Imperdível também, confira...

Assine nossa newsletter

Receba as melhores postagens, dicas e ofertas por email